Sexta-feira, 25 de Outubro de 2013

Maria Francisco Chilaúle

Sou trabalhadora aqui neste mercado. Primeiro comecei a trabalhar na cooperativa dos alfaiates de Maputo, depois fui vender no Xipamanine por 13 anos. Em 2000 vim para aqui, comprei este meu espaço onde faço chá, matabicho e almoço.

Casei-me em 1969. Tive 6 filhos. O meu marido foi para tropa em 1973. Quando voltou, começou a trabalhar. Depois faleceu. Fiquei eu sozinha a cuidar dos meus filhos. Quatro deles estão a trabalhar, e dois estão a estudar. A que vive comigo está a tirar curso de Direito num instituto que eu estou a pagar. Não foi fácil educar os meus filhos, fazer todos estudarem e seguirem um bom caminho. Mas graças ao meu trabalho consegui encaminhá-los para estudar.

Um dos momentos mais difíceis da minha vida foi quando fiquei doente, tive um mioma e passei por uma cirurgia em que tive que ficar um ano sem trabalhar. Mas mesmo assim coloquei alguém para cuidar do negócio aqui no mercado, e vinha sentar aqui porque não aguentava ficar em casa.

Considero me uma verdadeira mamana, porque trabalho para a minha família, educo os meus filhos e não só, cuido e trato bem os meus clientes. Eles conhecem a barraca da vovó Maria, porque sabem que aqui vão ser bem servidos e também porque eu cozinho bem.

publicado por mamanas às 17:26
link do post | comentar | favorito

.Mamanas

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.tags

. todas as tags

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds