Sexta-feira, 1 de Novembro de 2013

Guilhermina Tomás

Venho de Inhambane. Nasci e cresci lá, depois é que vim para Maputo.

Eu vendo alface, couve, piri-piri, coentro, salsa, desde 1979. Desde o dia da abertura do mercado de Janet. Quando era mais nova ia a machamba com minha avó, depois ia a escola e cozinhava. Conheci um moço com quem tive oito filhos, que “matrecou-me”. Quis andar nas brincadeiras. Que fazer. Deus é que sabe.

Eu trabalhei e alimentei os meus filhos através desta banca aqui.
Hoje meus filhos já são grandes, quase todos trabalham, e gostam da mãe. Dou me bem com eles e agradeço a Deus as minhas 6 noras que são como filhas para mim.

A minha educação obtive com minha avó e minha mãe. Que me ensinaram a ter respeito. A cuidar de uma casa e a dar me bem com as pessoas.
Tenho 76 anos mas ainda sou muito viva. Por isso gosto de dançar. Considero-me boa pessoa, simpática e animada.

Nos meus tempos de juventude eu era chique de Doer.

publicado por mamanas às 12:27
link do post | comentar | favorito

.Mamanas

.pesquisar

 

.Agosto 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.tags

. todas as tags

.tags

. todas as tags

.as minhas fotos

blogs SAPO

.subscrever feeds